segunda-feira, 30 de março de 2009

Modelagem.

MASSINHA DE MODELAR 1:


Material:

4 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de sal

1 xícara e meia de água

1 colher de óleo

Modo de fazer:

Misture bem amassando com as mãos (colorir com anilina).



MASSINHA DE MODELAR 2:


Material:

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de sal

½ xícara de água

Modo de fazer:

Coloque tudo numa tigela e misture com as mãos.

Você pode colorir sua massinha com anilina. Existe anilina de várias cores. Divida a massa em vários pedaços, misture cada cor de anilina em um pedaço diferente. Amasse bem cada pedaço e pronto: você tem uma massinha colorida e agora pode brincar, fazendo belas e criativas esculturas!

Foi aqui que eu achei essa dica legal: http://marciojames.wordpress.com/2008/01/11/fazendo-massa-de-modelar/

sábado, 28 de março de 2009

Vídeo - Dr. Dentuço

As crianças vão aprender mais sobre Saúde Bucal com este vídeo educativo. Vale a pena!!!

video

http://www.youtube.com/watch?v=j4HVlG_BUwU

Painel

Projeto de Saúde Bucal realizado em nossa escola.
O Projeto conta ainda com o auxílio da equipe de estudantes do Curso Técnico de Higiene Bucal da Escola Técnica de Saúde do nosso bairro.


sexta-feira, 27 de março de 2009

Bocarra e Escova de Dentes

A bocarra e a escova de dentes gigante foram confeccionadas por mim para incrementar as aulas sobre higiene bucal. Com elas foi possível demonstrar de forma mais clara as técnicas de escovação corretas para um sorriso saudável.
O Sr. Branquinho (dente gigante) foi contribuição da Profª Solange que sempre está ao meu lado para por em prática minhas ideias malucas... rs! Grata, amiga!








quarta-feira, 25 de março de 2009

Caderno de Desenvolvimento Global

O COMANDANTE MANDOU...

- marchar em linha reta.

- marchar em circulo.

- marchar na ponta dos pés.

- marchar inclinado para baixo.

- dar um passo para frente.

- fazer continência.

- tocar corneta.

- tocar tambor.

- tirar o chapéu.

- dar um pulinho, dois, três...

- Colocar a mão no pé esquerdo/direito

- colocar a mão direita no pé esquerdo.

- colocar a mão esquerda no pé esquerdo.

- colocar a mão direita no pé direito.

- colocar a mão no ombro do amigo.

- colocar as duas mãos na cabeça.

- fazer "fom fom" no nariz do amigo.


Só para lembrar: Essas sugestões foram colhidas na comunidade do Orkut da qual faço parte; foram elaboradas pela professora Cleusa Regina Moura Pereira (dona da referida comunidade) e trazem ótimos exemplos de como trabalhar a Linguagem Oral de forma criativa e divertida.Lá ela relata como construiu o seu Caderno de Desenvolvimento Global e que, com toda certeza, será muito útil a todos que por aqui passarem, assim como está sendo para mim.Deem uma espiadinha nessa comunidade, pois vale a pena.Estarei postando periodicamente as ideias bacanas dessa educadora e que deram resultados excelentes com a turminha.
Fonte:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=31465497 (Profª Cleusa Regina Moura Pereira)

terça-feira, 24 de março de 2009

Agitando pra valer!

  1. Brincadeira do João Bobo.
  2. Remadores (barco desenhado no chão).
  3. Dança do Índio.
  4. Corrida com obstáculo.
  5. Polichinelo.
  6. Saltar arcos com um pé só.
  7. Saltar arcos com os dois pés.
  8. Acertar argolas no alvo.
  9. Carrinho humano.
  10. Pulo do sapo.
  11. Pulo do Saci-Pererê.
  12. Pulo do coelhinho.
  13. Cambalhota (utilizando colchões).
  14. Jogar bola sem obstáculos.
  15. Jogar bola com obstáculo (arcos no chão).
  16. Pular corda.
  17. Saltitar livremente.
  18. Trenzinho.
  19. Passar a bola de uma mão para outra sem sair do círculo (arcos dispostos no chão).
  20. Jogar uma bolinha para o outro com o auxílio de canecas.
  21. Passar entre as pernas do coleguinha.
  22. Vai e vem (sentados, um de costas para o outro).
  23. Exercícios variados de equilíbrio e coordenação.
  24. Sentados, um de frente para o outro, tendo os pés sola com sola, movimentar as pernas.

sábado, 21 de março de 2009

Manual de Saúde Bucal (até 06 anos)

Este é um livro de pano bem bacana que pertence ao acervo de nossa escola e está sendo muito útil para o Projeto de Saúde Bucal.
Espero que seja útil para você também.














































quarta-feira, 18 de março de 2009

Músicas - Páscoa

Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim?

Um ovo, dois ovos, três ovos assim!

Um ovo, dois ovos, três ovos assim!

Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm?

Azul, amarelo e vermelho também!

Azul, amarelo e vermelho também!

Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar?

Com esta menina que sabe cantar!

Com esta menina que sabe cantar!

Coelhinho maroto, porque vais fugir?

Em todas as casas eu tenho que ir!

Em todas as casas eu tenho que ir!

(domínio popular)



De olhos vermelhos

De pêlos branquinhos

De pulo bem leve

Eu sou o coelhinho.

Sou muito assustado

Porém sou guloso

Por uma cenoura

Já fico manhoso.

Eu pulo pra frente

Eu pulo pra trás

Dou mil cambalhotas

Sou forte demais.

Comi uma cenoura

Com casca e tudo.

Tão grande ela era...

Fiquei barrigudo!

(domínio popular)


O coelhinho
(variação da cantiga O pastorzinho)

Havia um coelhinho que queria se gabar.
Saiu de sua toca e aos bichos foi falar:
Dó-ré-mi-fá-fá-fá
Dó-ré-dó-ré-ré-ré
Dó-sol-fá-mi-mi-mi
Dó-ré-mi-fá-fá-fá


Chegando na floresta

um amigo lhe falou,
dizendo ao coelhinho:
O seu canto me agradou!
Dó-ré-mi-fá-fá-fá
Dó-ré-dó-ré-ré-ré
Dó-sol-fá-mi-mi-mi
Dó-ré-mi-fá-fá-fá


***Edição de Lenise Resende paraLendo & Relendo Gabi


Eu sou o coelhinho bossa-nova-va

Não uso cesta não senhor.

Eu pego os meus ovinhos,

jogo no carango

e vou, e vou, e vou.

Chorar por uma cenourinha-nha

foi no tempo da vozinha-nha.

Pra cenoura eu não dou bola,

só tomo coca-cola

Coelhinho bossa-nova é uma brasa...

...mora!!!

(domínio popular)





sábado, 14 de março de 2009

Páscoa - Símbolos e Significados

As origens do termo

A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes entre as culturas ocidentais. A origem desta comemoração remonta muitos séculos atrás. O termo “Páscoa” tem uma origem religiosa que vem do latim Pascae. Na Grécia Antiga, este termo também é encontrado como Paska. Porém sua origem mais remota é entre os hebreus, onde aparece o termo Pesach, cujo significado é passagem.

Páscoa significa a passagem da escravidão para a liberdade. Passagem de Cristo - “deste mundo para o Pai”, da “morte para a vida”, das “trevas para a luz”. Sua mais conhecida conotação religiosa se vincula aos três dias que marcam a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.
Considerada, essencialmente, a Festa da Libertação, a Páscoa é uma das
festas móveis do nosso calendário, vinda logo após a Quaresma e culminando na Vigília Pascal.

A História do Ovo e outros símbolos da Páscoa




O hábito de dar ovos de verdade vem da tradição pagã. O hábito de trocar ovos de chocolate surgiu na França. Antes disso, eram usados ovos de galinha para celebrar a data.

A tradição de presentear com ovos - de verdade mesmo - é muito, muito antiga. Na Ucrânia, por exemplo, centenas de anos antes de era cristã já se trocavam ovos pintados com motivos de natureza - lá eles têm até nome, pêssanka - em celebração à chegada da primavera.

Os chineses e os povos do Mediterrâneo também tinham como hábito dar ovos uns aos outros para comemorar a estação do ano. Para deixá-los coloridos, cozinhavam-nos com beterrabas.

Mas os ovos não eram para ser comidos. Eram apenas um presente que simbolizava o início da vida. A tradição de homenagear essa estação do ano continuou durante a Idade Média entre os povos pagãos da Europa.

Eles celebravam Ostera, a deusa da primavera, simbolizada por uma mulher que segurava um ovo em sua mão e observava um coelho, representante da fertilidade, pulando alegremente ao redor de seus pés.

Os cristãos se apropriaram da imagem do ovo para festejar a Páscoa, que celebra a ressurreição de Jesus - o Concílio de Nicéia, realizado em 325, estabeleceu o culto à data. Na época, pintavam os ovos (geralmente de galinha, gansa ou codorna) com imagens de figuras religiosas, como o próprio Jesus e sua mãe, Maria.

Na Inglaterra do século X, os ovos ficaram ainda mais sofisticados. O rei Eduardo I (900-924) costumava presentear a realeza e seus súditos com ovos banhados em ouro ou decorados com pedras preciosas na Páscoa. Não é difícil imaginar por que esse hábito não teve muito futuro.

Foram necessários mais 800 anos para que, no século XVIII, confeiteiros franceses tivessem a idéia de fazer os ovos com chocolate - iguaria que aparecera apenas dois séculos antes na Europa, vinda da então recém-descoberta América. Surgido por volta de 1500 a.C., na região do golfo do México, o chocolate era considerado sagrado pelas civilizações Maia e Asteca. A imagem do coelho apareceu na mesma época, associada à criação por causa de sua grande prole.

Na antigüidade os egípcios e persas costumavam tingir ovos com cores da primavera e presentear os amigos. Para os povos antigos o ovo simbolizava o nascimento. Por isso, os persas acreditavam que a Terra nascera de um ovo gigante.

Em alguns lugares as crianças montam seus próprios ninhos e acreditam que o coelhinho da Páscoa coloca seus ovinhos. Em outros, as crianças procuram os ovinhos escondidos pela casa, como acontece nos Estados Unidos.

O chocolate

Essa história tem seu início com as civilizações dos Maias e Astecas, que consideravam o chocolate como algo sagrado, tal qual o ouro. Os astecas usavam-no como moeda.


Na Europa aparece a partir do século XVI, tornando-se popular rapidamente. Era uma mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. O chocolate, na história, foi consumido como bebida. Era considerado como alimento afrodisíaco e dava vigor.
Por isso, era reservado, em muitos lugares, aos governantes e soldados. Os bombons e ovos, como conhecemos, surgem no século XX.

O Coelho da Páscoa

A figura do coelho está simbolicamente relacionada à esta data comemorativa, pois este animal representa a fertilidade. O coelho se reproduz rapidamente e em grandes quantidades. Entre os povos da antiguidade, a fertilidade era sinônimo de preservação da espécie e melhores condições de vida, numa época onde o índice de mortalidade era altíssimo. No Egito Antigo, por exemplo, o coelho representava o nascimento e a esperança de novas vidas.


Mas o que a reprodução tem a ver com os significados religiosos da Páscoa? Tanto no significado judeu quanto no cristão, esta data relaciona-se com a esperança de uma vida nova. Já os ovos de Páscoa (de chocolate, enfeites, jóias), também estão neste contexto da fertilidade e da vida.

A figura do coelho da Páscoa foi trazido para a América pelos imigrantes alemães, entre o final do século XVII e início do XVIII.

Curiosidades

Os ovos de Páscoa mais famosos do mundo nem são ovos de comer: um joalheiro russo,
Carl Fabergé, fez seus ovos de ouro, prata e pedras preciosas. Abertos, revelavam pequenas imagens de pessoas, animais, plantas ou prédios, e eram dados como presentes pelo imperador russo aos amigos.

Fonte:
http://www.fashionbubbles.com/2008/historia-da-pascoa-e-seus-significados/

sexta-feira, 13 de março de 2009

Mais Brincadeiras de Rua...




Balança caixão
Barra manteiga
Cabra cega
Corrida de saco
Dança das cadeiras



Duro ou mole
Elástico
Mãe da rua
Queimada
Seu mestre mandou


Fonte: Manual de Brincadeiras - Ed. Infantil - PMSP